Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
XYZ
Em 2019

O descolado festival Burning Man vai ter edição brasileira

Tropical Burn segue proposta da famosa festa aberta norte-americana
05/03/2018 18:43 06/03/2018 17:19

Divulgação
Logotipo do Tropical Burn, versão brasileira do festival norte-americano Burning Man, que deve ser realizada em 2019 no Nordeste
O Brasil deve ganhar uma versão nacional do cultuado festival norte-americano Burning Man. Um grupo está organizando o Tropical Burnversão brasileira do evento. Por enquanto, só existe a informação de que vai ser em 2019 e que deve acontecer no Nordeste.

O Burning Man é um festival (festival não é bem a palavra) realizado anualmente no deserto de Nevada, nos EUA. Uma verdadeira cidade é erguida com barracas e trailers no meio do nada. Não há shows ou programação oficial. Cada pessoa deve dar sua própria contribuição, seja comparecer com fantasia, seja fazer performances artísticas ou tocar música. Oficialmente, não há regras, a não ser o respeito aos demais. É uma espécie de Woodstock sazonal.

A ideia do Tropical Burn seria parecida, embora os organizadores não detalhem por enquanto o tipo de evento. 

Da página do Tropical Burn:

A missão do Projeto Tropical Burn é disseminar os princípios do evento anual conhecido como Burning Man, através de um evento regional produzido totalmente pela comunidade brasileira.

Orientar, nutrir e proteger a comunidade de forma permanente, criada por uma cultura única. Nossa intenção é gerar uma sociedade que conecta cada indivíduo com seus poderes criativos. A participação na comunidade é essencial, o domínio maior da vida cívica e um mundo maior, da natureza que existe além da sociedade é o que esperamos disseminar ao longo do processo de co-criação do Tropical Burn.

Não existem espectadores – todos são convidados a participar

Se você acredita que apenas comprando o ticket irá garantir a sua participação no evento, pode esquecer. Isso não é um festival. A cidade temporária só funciona com a participação de todas as pessoas como voluntárias: seja construindo uma instalação de arte, montando um acampamento, trabalhando em 2 ou 3 dias assumindo tarefas como: cozinhar, servir no bar do seu acampamento, reciclar o lixo e ajudar as pessoas ativamente, todos os dias, o tempo todo.




Diário de Cachoeirinha

XYZ

por André Moraes
andre.moraes@gruposinos.com.br

Assim como na tradicional coluna semanal de variedades do jornal ABC Domingo, o XYZ fala de cinema, tevê, quadrinhos, nostalgia e assuntos da cultura pop em geral. Informação e curiosidades com um toque de humor.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE