Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Cachoeirinha EDUCAÇÃO

Projeto escolar de Cachoeirinha completa 18 anos em 2022 e planeja ampliar oferta de oficinas

Iniciativa 'Canta e Encanta Minha Gente' oferece aulas de violão e violino no contraturno em 12 das 20 escolas do município

Publicado em: 22.12.2021 às 17:58 Última atualização: 22.12.2021 às 17:59

Um dos projetos mais antigos do contraturno escolar de Cachoeirinha, o 'Canta e Encanta Minha Gente' completa 18 anos de atuação em 2022. Com a iniciativa, os estudantes das escolas municipais da cidade podem escolher participar das aulas de violão ou de violino.

Iniciado em 2004, primeiramente com o nome de 'Música, Ação e Inclusão', o projeto foi pensado a partir de um curso de regência de coros escolares oferecido aos professores.

Projeto do contraturno escolar de Cachoeirinha completa 18 anos em 2022
Projeto do contraturno escolar de Cachoeirinha completa 18 anos em 2022 Foto: Eduarda Bento/PMC
O instrutor Breno de Assis Lopes é um apaixonado pelo violino e tenta levar isso aos alunos. “É uma grande oportunidade para eles, pois esse instrumento não é de fácil acesso, é mais elitizado. Um violino simples custa uns 500 reais, mas eles se dedicam bastante”, contou, destacando que os instrumentos são emprestados pela fundação La Salle, parceira do projeto desde 2019.

Alunos da Escola Vista Alegre, Júlia Gomes Pires, de 7 anos, e João Munhoz Medeiros, Isabele Alves e Larissa Pereira, de 8 anos todos, seguem atentamente as instruções do professor. “Senti dificuldade no início, achei até que nem ia conseguir aprender, mas hoje estou mais acostumada e quero continuar aprendendo e tocando. Além de ser música, quero ser bailarina”, revela Isabele.

Além da Vista Alegre, outras 12 escolas - das 20 presentes no município - também integram o 'Canta e Encanta Minha Gente'. São elas: Alzira Silveira Araújo, Assunção, Carlos Antônio Wilkens, Dagmar de Lima Mucillo, Deolinda Caetano Goulart, Getúlio Vargas, Jardim do Bosque, José Victor de Medeiros, Maria Fausta Teixeira, Papa João XXIII, Prof. Osmar Stuart e Portugal.

Projetos de Contraturno

Os cinco Projetos de Contraturno (banda escolar, xadrez, tiro com arco, práticas meditativas e canto, violão e violino) serão retomados no próximo ano letivo. Com a pandemia da Covid-19, as atividades foram suspensas e retomadas somente em outubro deste ano.

“A ideia é que ano que vem, com uma nova realidade, possamos ampliar a oferta de oficinas em mais escolas, oportunizando uma prática tão importante para muito mais estudantes”, avaliou o secretário de Educação, Cláudio Pinheiro.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.