Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Canoas Saúde

Servidores da Saúde recebem capacitação para atender a público LGBT

Equipes participaram de palestras sobre o movimento e suas lutas por políticas públicas

Publicado em: 02.12.2021 às 18:52

Cerca de 40 servidores da Prefeitura de Canoas participaram da primeira edição da capacitação de educação em saúde da população LGBT. A atividade aconteceu nesta quinta-feira (2), na Sala dos Conselhos Municipais. Os profissionais foram divididos em dois grupos em função dos protocolos de distanciamento. A formação proporcionou a capacitação do atendimento da população LGBTQIAP+, apoiado na dignidade e promoção do respeito à diversidade sexual. A atividade foi promovida pela Coordenadoria das Diversidades e Comunidades Tradicionais.

Os agentes de saúde participaram da palestra, que abordou um pouco do histórico do movimento de LGBTQIAP+ e as suas lutas por políticas públicas de qualidade. Do mesmo modo, foi discutido o enfrentamento de violências no cuidado em saúde, no que diz respeito ao Sistema Único de Saúde (SUS), com a abordagem das políticas públicas de saúde integral desta comunidade.

Como instrumento crucial para a consolidação de direitos sociais da população LGBTQIAP+, tratou-se do desafio da integralidade e a equidade da proteção social na rede de atendimento público. O secretário da Coordenadoria das Diversidades e Comunidades Tradicionais, Pai Santiago, reitera que a qualificação é um processo de melhoria da qualidade no atendimento e acolhimento dessas pessoas. “O intuito principal da capacitação foi de oferecer o aprimoramento do atendimento a essa população nas UBSs do município e quebrar os paradigmas que existem sobre a comunidade travesti e transexual. Todos os servidores precisam estar capacitados para entender que o atendimento é de respeito à dignidade da pessoa humana”, explicou.

A ideia é que, em fevereiro do próximo ano, as instituições recebam o selo “Unidade Capacitada: Local livre de preconceitos” em todas as UBSs participantes, que servirá como um importante instrumento para a efetivação da política de saúde LGBT, assegurando a diversidade sexual e de gênero, de maneira transversal.

A atividade, que aconteceu em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde e Fundação Municipal de Saúde, foi ministrada pela enfermeira Amanda Werlang e pela assistente social Rafaela Cardoso.

TAGS: Canoas saúde
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.