Publicidade
Notícias | Região Comércio

Supermercados registram alta no movimento em Novo Hamburgo neste sábado

Com os cuidados redobrados, uma opção é fazer compras on-line

Publicado em: 06.03.2021 às 15:04

Sábado começou com filas nos supermercados de Novo Hamburgo Foto: Juliana Nunes/GES-Especial

Supermercados de Novo Hamburgo têm registrados filas neste sábado (6). O movimento já estava maior desde o início da bandeira preta, no final de semana passado e foi intensificado pelo lockdown na cidade vizinha São Leopoldo. Outro fator que fez crescer o movimento foi o fato de ser semana de pagamento de salário.

Por volta das 10 horas de hoje, a média de espera em fila do hipermercado Bourbon era de, pelo menos, 15 minutos e ela chegava ao lado de fora do estacionamento. Muitos moradores não respeitavam o distanciamento e retiravam a máscara para conversar.

Já ao meio-dia o movimento diminuiu e era possível fazer as compras de forma mais calma. Os atacados Maxxi e Atacadão registravam longas filas no início da tarde deste sábado, com movimento que avançava pelo estacionamento. A maioria também não respeitava o distanciamento adequado e alguns utilizavam a máscara de proteção de forma incorreta.

No Rissul o movimento era maior dentro do supermercado, com poucas filas no final da manhã. Repositores estavam atentos e reabasteciam as prateleiras com itens como arroz, feijão, papel higiênico e produtos de limpeza.

Repositores garantiam itens básicos na manhã deste sábado Foto: Adriana Lima/GES-Especial

Em todas as redes de compras os moradores buscavam, em sua maioria, por alimentos e itens de higiene, muitos utilizaram mais de um carrinho para as compras. O Big também tinha pouco movimento no lado de fora no final da manhã deste sábado.

"Eu não consegui vir na semana e precisei vir justo hoje, que imaginei que teria mais movimento. Confesso que tenho um pouco de medo. Está bem lotado. Vim sozinha fazer as compras e quero ir logo para casa. Também levo álcool em gel comigo e depois higienizo as compras em casa", comentou a telefonista Mayara Soares, 32 anos, que foi em busca de alimentos e fraldas para o filho no início da tarde.

Restrições e recomendações

É importante lembrar que supermercados, hipermercados e mercados estão com horário restrito, com funcionamento até às 20 horas. Além disso, alteração no decreto estadual da bandeira de distanciamento controlado determina que as redes supermercadistas devem vender apenas itens considerados essenciais. A medida terá início na segunda-feira (8).

A recomendação segue sendo a de apenas uma pessoa por família para fazer as compras e a máscara como item essencial e obrigatório, além do uso de álcool em gel.

Além disso, há outras formas de comprar os produtos, como aplicativos de alimentação como o Ifood e até dos próprios supermercados. Algumas lojas disponibilizam compras por aplicativo, site e em alguns locais é possível também fazer os pedidos via Whatsapp. Uma forma rápida e segura de garantir os itens essenciais.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.