Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região 26 VÍTIMAS

RS-239 tem uma morte a cada dez dias

Idoso atropelado nesta noite no trecho de Sapiranga é a 26ª vítima fatal da rodovia; no domingo, avô perdeu a vida ao salvar neta em Araricá

Publicado em: 28.09.2021 às 09:21 Última atualização: 28.09.2021 às 16:48

Com mais uma morte na RS-239 na noite desta segunda-feira (27), a piora nas estatísticas da rodovia voltam à tona e preocupam os usuários e autoridades da região. Desde o início de 2021, foram 26 óbitos em 269 dias. Na média, uma pessoa morre na RS-239 a cada 10,34 dias.

Ontem, à noite, houve a 26ª morte, no trecho de Sapiranga. Um idoso de 72 anos foi atropelado por uma moto.

Homem de 72 anos morreu no local
Homem de 72 anos morreu no local Foto: Comando Rodoviário da Brigada Militar/Sapiranga

No domingo (26), a morte do avô que salvou a neta foi a 25ª deste ano.

A rodovia, que liga o Vale do Sinos ao Litoral Norte, está entre as mais violentas do Estado.

Na quarta passada, o motociclista Henrique Hofmann, de 23 anos, morreu em um acidente que envolveu um caminhão, no quilômetro 51, município de Taquara.

O trecho de Parobé concentra a maior parte dos acidentes fatais, com sete mortes neste ano. Em Taquara, foram registradas outras cinco fatalidades.

Melhorias na rodovia são reivindicações constantes dos prefeitos da região. Desde o início do ano, um movimento de lideranças pressiona por soluções para aumentar a segurança da estrada.

Problemas históricos

A falta de segurança na RS-239 tem sido discutida e inclusive fez parte da recente rodada de debates sobre o projeto de concessões das rodovias estaduais. Entre os problemas apontados por moradores e lideranças municipais está a grande quantidade de retornos ao longo da RS-239, já que isso aumenta a quantidade de veículos cruzando as pistas de velocidade.

Além disso, os diferentes municípios têm apontado várias melhorias e feito reivindicações, como melhor sinalização e também, em determinados trechos, mais passarelas ou retornos mais seguros.

Outro argumento apresentado por lideranças regionais é que a estrada precisa ser melhor dimensionada para comportar o crescimento tanto do fluxo de veículos quanto da atividade econômica dos municípios ao longo da via.

A RS-239 atravessa várias cidades que são referência em diferentes segmentos da indústria, do comércio e serviços.

Mortes na RS-239

(1) 8 de janeiro

Motociclista Carlos Gessi Nogueira, 60, foi atingido por uma van, no quilômetro 46 da RS-239, em Parobé, sentido Taquara-Novo Hamburgo. Ele morreu no hospital de Parobé.

(1) 9 de janeiro

O caroneiro de carro Jorge Flores dos Santos, 59, ficou ferido após o carro em que estava cair no canteiro central da RS-239, próximo ao bairro XV de Junho, em Parobé. Ele morreu no hospital de Parobé horas depois.

(1) 15 de janeiro

Condutor da BMW 135i, Ezequiel Osório de Lima, 42, morreu após colidir contra um carro de funerária na lateral da RS-239, no quilômetro 27 da rodovia, em Sapiranga. O impacto chegou a danificar a estrutura de concreto de um poste. Acidente sentido Taquara-Novo Hamburgo.

(1) 25 de janeiro

Roberto dos Santos, 37, morreu no Hospital de Sapiranga depois que ele e a mãe foram atropelados na altura do bairro Amaral Ribeiro, em Sapiranga, por um carro que trafegava no sentido Novo Hamburgo-Taquara. Acidente aconteceu a pouco mais de 100 metros de uma passarela.

(1) 27 de janeiro

Motorista Iriceu Lopes dos Santos, 65, morreu após o carro que estava capotar na RS-239, quilômetro 33, em Araricá. Ele era de Novo Hamburgo e conduzia um Honda FIT. Acidente aconteceu no sentido Novo Hamburgo-Taquara.

(1) 3 de fevereiro

Olinda de Souza Vieira, 45, morreu após ser atropelada na na RS-239, em Parobé. A vítima era moradora da de Nova Hartz. Segundo CRBM, o acidente aconteceu no quilômetro 43, no bairro Alexandria, próximo a Churrascaria Vitória.

(3) 5 de fevereiro

Douglas Taschetto Nunes, 24, e Deleon Reis Vith, de 39, morreram após acidente na RS-239, na altura do quilômetro 34, próximo ao pórtico de entrada de Araricá. Vith era o motorista de uma Toyota Hilux, com placas de Sapiranga, que acabou colidindo de frente contra Volkswagen Voyage, de Taquara. Nunes estava na carona.

No mesmo dia, Vitório Camargo de Almeida, 69, foi atropelado por um veículo na altura do quilômetro 29 da rodovia, nas proximidades da Calçados Beira-Rio. O metalúrgico morreu no hospital. Almeida era pai de sete filhos, tinha 24 netos e uma bisneta.

(1) 27 de fevereiro

Anderson Castro Licks, 35, morreu após o caminhão carregado de toras tombar, na altura do quilômetro 57, em Taquara. A vítima foi arremessada para fora do veículo.

(1) 13 de março

Maurício Mendes da Silva, 23, morador de Taquara, morreu após colisão frontal, no quilômetro 24, em Campo Bom.

(1) 20 de março

Vinícius Gabriel Timm de Lima, 18, morador de Campo Bom, foi encontrado já sem vida a poucos metros da rodovia. A suspeita é de que ele seguia no sentido Taquara-Rolante.

(1) 2 de abril

Roberson Eduardo Amorim Rodrigues, 24, era ocupante de um Vectra, com placas de Sapiranga, e morreu após colisão no quilômetro 37, em Araricá.

(1) 2 de abril

O ciclista Dorvalino Rodrigues dos Santos, 64, morreu após ser atropelado por um Chevrolet Celta no quilômetro 43, em Parobé.

(1) 12 de abril

O condutor de um Mercedes GLA 250, de 20, morador de Parobé, morreu após perder o controle do veículo, bater no canteiro e capotar no quilômetro 49, em Taquara.

(1) 19 de abril

O pedestre Guilherme Soares Conceição, 84, morreu durante o socorro, após ser atropelado, no quilômetro 53 da rodovia, em Taquara.

(1) 16 de maio

Edenilto Silva da Silva Júnior, 22, estava na carona de um Chevrolet Agile, quando no quilômetro 48, próximo a localidade de Fazenda Fialho, o condutor perdeu o controle do veículo, saiu da pista e caiu em um barranco onde se chocou com árvores. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu horas depois, durante atendimento médico.

(1) 18 de maio

O ciclista Silvio Domingos Ramos, 42, de Taquara, foi atingido por uma Fiat Strada, de Rolante. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

(1) 29 de junho

Juliano Reis de Oliveira, 40, estava em uma moto com placa de Alvorada, quando colidiu na lateral de uma Ford Ecosport, com placas de Novo Hamburgo. Oliveira morreu no local.

(1) 3 de julho

Braulino Peres da Silva, 64, morreu atropelado na RS-239, em Sapiranga. O acidente aconteceu no quilômetro 26 da rodovia, no sentido Sapiranga-Taquara. O motorista fugiu do local sem prestar socorro.

(1) 26 de julho

Ari Anilton Jahn, de 47, morreu atropelado na RS-239. O acidente aconteceu no quilômetro 43, em Parobé. A vítima, moradora de Parobé, morreu no local. O condutor do Renault Kwid, com placas de Gramado, relatou que a víitima estava no meio da rodovia no momento do acidente.

(1) 31 de julho

Paula Janaina Gomes, de 36, morreu em colisão na RS-239, em Araricá. A vítima estava na carona em um Volkswagen Gol, com placas de Sapiranga, que colidiu em um caminhão Mercedes Benz. Os dois veículos se chocaram na altura do quilômetro 35 da rodovia, no Campo da Brazina.

(1) 11 de setembro

Mailon Dalavi da Silva, de 18 anos, morreu após colisão entre duas motos no quilômetro 27 da RS-239. Ele estava em uma motocicleta Yamaha MT-03, que se envolveu em colisão lateral com uma Honda CG, que era conduzida por um homem, de 22 anos. Mailon chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

(1) 22 de setembro

Henrique Hofmann, de 23 anos, morreu após acidente de trânsito envolvendo uma moto e um caminhão na RS-239, em Taquara. A colisão aconteceu no quilômetro 51 da rodovia. Ele chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu. 

(1) 26 de setembro

Mauro Roni Hartmann, de 53 anos, morreu atropelado ao salvar a neta de apenas dois anos. Ele foi atingido por uma Toyota Hilux no quilômetro 35 da rodovia, em Araricá, no domingo. A família voltava de um passeio no Centro da cidade, para casa, no Campo da Brazina. O motorista foi preso.

(1) 27 de setembro

Um idoso, de 72 anos, morreu atropelado na RS-239 na noite desta segunda-feira (27). O acidente aconteceu na altura do quilômetro 25, em Sapiranga. O trecho fica entre os bairros Vila Irma e Oeste. O motociclista sofreu ferimentos e foi encaminhado ao Hospital de Sapiranga.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.