Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região POLÍCIA

Corpo de cabeleireira de Estância Velha é encontrado no porta-malas em Santa Catarina

Suspeita de feminicídio se confirma e ex-companheiro é procurado fora do Estado

Por Silvio Milani
Publicado em: 12.01.2022 às 23:54 Última atualização: 13.01.2022 às 06:39

O corpo da cabeleireira de Estância Velha Lourdes Clenir de Oliveira Melo, 48 anos, desparecida desde segunda-feira, foi encontrado na noite desta quarta-feira (12) em Içara, no Sul de Santa Catarina. Estava no porta-malas do carro dela, um Corsa preto. O ex-companheiro, o caminhoneiro Léu Vieira de Moura, 55, é procurado como autor do feminicídio.

Lourdes Clenir de Oliveira Melo teria sido morta pelo ex-companheiro dela, Léu Vieira de Moura
Lourdes Clenir de Oliveira Melo teria sido morta pelo ex-companheiro dela, Léu Vieira de Moura Foto: Reprodução

“É horrível. Parado aqui no Barracão (bairro de Içara) desde segunda-feira. A Polícia veio hoje (quarta) pra guinchar e tem o corpo de uma mulher no porta-malas”, descreveu uma testemunha. O pior desfecho possível para o caso se encaixa às informações levadas à delegacia e reveladas pelo Jornal NH..

Conforme relatos, Léu foi à casa de Lourdes, na Rua São Cristóvão, no bairro Rincão dos Ilhéus, por volta das 10 horas de segunda, a matou e a colocou no porta-malas do Corsa. À tarde, o automóvel já era abandonado em Içara. No mesmo dia, uma sobrinha fez a ocorrência do desaparecimento na delegacia de Estância. Demorou mais de dois dias para a Polícia catarinense verificar do que se tratava o Corsa abandonado.

A suspeita é que o caminhoneiro, com vários antecedentes criminais, entre eles tráfico internacional de drogas na fronteira com o Paraguai por Foz do Iguaçu, possa ter usado a rota para fugir. O ex-companheiro não aceitava a recusa de Lourdes em recebê-lo e vinha descumprindo Medida Protetiva de Urgência (MPU) decretada no dia 19 do mês passado, quando foi preso por agredi-la e logo solto pelo Judiciário. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.